Manuseamento e conservação de alimentos

O manuseamento e a conservação dos alimentos são fundamentais para se obter uma alimentação saudável livre de agentes contaminantes

Compartilhar

O manuseamento e a conservação dos alimentos são fundamentais para se obter uma alimentação saudável livre de agentes contaminantes (agrotóxicos, bactérias, entre outros) e, para se aproveitar o máximo dos nutrientes e evitar doenças.

PUBLICIDADE

Normas de higiene na manipulação dos alimentos

As normas básicas de higiene na manipulação dos alimentos consistem na:

  • Higiene pessoal e lavagem das mãos;
  • Higienização ou lavagem dos alimentos com água potável;
  • Higienização das instalações (cozinha, bancas dos mercados, armazém, casa de banho, etc.); e dos utensílios (copos, pratos, panelas, etc.);
  • Higienização periódica dos equipamentos de refrigeração (geleira, congelador).
PUBLICIDADE

Higiene pessoal

Para a manipulação dos alimentos recomenda-se manter hábitos sadios com o próprio corpo para preservar não só a sua saúde, mas também a das outras pessoas, como:

  • Tomar banho todos os dias;
  • Manter as unhas limpas e curtas;
  • Manter roupas e uniformes limpos;
  • Usar sempre sapatos fechados e limpos;
  • Manter o cabelo limpo e completamente protegidos com rede ou touca;
  • Em caso de ferimentos nas mãos não se deve manipular os alimentos sem luvas, até a cicatrização da ferida.

Água: função e insuficiência

PUBLICIDADE

Higienização dos alimentos com água potável

A higienização adequada dos alimentos, como verduras e frutas, sobretudo os que são consumidos crus é muito importante para a saúde. A seguir se apresentam alguns passos para a sua higienização:

  • Primeiro lavar bem as mãos;
  • Lavar os alimentos com água potável para retirar impurezas como terra;
  • Numa bacia grande, preparar uma solução com 1 litro água e uma colher de sopa de javel;
  • Mergulhar os alimentos na solução e deixar por 15 minutos para matar os microrganismos causadores de doença;
  • Passados 15 minutos, retirar os alimentos da solução e lavar em água potável.

Em relação aos alimentos de origem animal deve-se proceder da seguinte maneira:

  • Evitar a presença de insectos na área de manipulação das carnes;
  • Lavar bem com água potável os ovos, as aves, peixe e mariscos, carne de porco e bovina, para evitar a contaminação por bactérias e outros agentes contaminantes;
  • Após a higienização congelar para evitar a putrefação.
PUBLICIDADE

Higienização das instalações

A higienização das instalações, consiste em remover as substâncias visíveis indesejáveis como terra, poeira, gordura, restos de comida e outras sujidades, utilizando água potável e sabão ou detergente.

Veja também: Intoxicação alimentar: conceito, Causas, sintomas e Prevenção

Limpeza do equipamento

É necessário descongelar e limpar os congeladores, periodicamente, quando se observa a formação de gelo ou algo que possa prejudicar o seu funcionamento.

No caso das geleiras, estas devem ser limpas de 15 em 15 dias para evitar o mau cheiro e para avaliar a validade dos alimentos.

Procedimento de limpeza:

  • Desligar a geleira ou congelador;
  • Deixar descongelar;
  • Limpar todo interior, incluindo as prateleiras, com javel à 2 % ou outro desinfectante;
  • Passar um pano limpo;
  • Deixar secar;
  • Ligar a geleira ou congelador e deixar fechados até começar a gelar ou a formar gelo;
  • Higienizar os produtos e voltar a arrumar.
Métodos de conservação dos alimentos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Métodos de conservação dos alimentos

Para impedir que os alimentos se estraguem facilmente pela Acão dos micróbios, recorre-se a vários processos de conservação, que variam com o tipo de alimento a conservar, tais como:

Refrigeração: em temperaturas abaixo de zero graus, bactérias, fungos e leveduras, não são capazes de deteriorar os alimentos, por exemplo carnes, frango, peixe, vegetais.

Calor: em altas temperaturas o calor destrói as bactérias e os fungos dos alimentos, por exemplo a pasteurização do leite. Neste processo o leite é aquecido a 72°C por 15 segundos para destruir as bactérias e resfriado muito rapidamente até abaixo de 10°C, e em seguida é conservado em embalagens para ser comercializado.

Secagem: consiste na secagem dos alimentos através do sol por exemplo o arroz, o feijão, as frutas, os vegetais, o peixe, etc

Salga: geralmente se aplica para a conservação do peixe e a carne. Os produtos salgados podem conservar durante anos, se estiverem em locais secos.

Fumagem: a fumagem é utilizada para conservar o peixe e a carne.

Em vinagre: podem ser conservados os vegetais.

Em calda de açúcar: podem ser conservados frutas, compotas. Os micróbios não conseguem viver em ambiente muito açucarado.

Enlatamento: faz-se em fábricas e utiliza-se para a conservação de legumes, peixe, carne e frutas.

PUBLICIDADE

Hábitos alimentares

Os hábitos alimentares são comportamentos conscientes, coletivos e repetitivos que levam as pessoas a selecionarem, a consumirem e a utilizarem certos alimentos de acordo com as suas influências sociais e culturais.

A seguir estão apresentados alguns hábitos alimentares a adotar:

Tomar o pequeno-almoço

O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia porque fornece a energia necessária para começares as atividades diárias.

Comer devagar e mastigar bem os alimentos

É importante colocar na boca pequenas porções de comida e mastigar devagar para se ter melhor digestão e saborear os alimentos.

Consumir frutas e verduras diariamente

Este alimento contém fibras, vitaminas e minerais muito importantes para o funcionamento adequado do organismo.

Beber água potável

A água é importante para realização de funções vitais como respirar, eliminar substâncias inúteis, realizar a digestão, entre outros.

Evitar o consumo de alimentos fritos.

O consumo de alimentos fritos provoca obesidade, diabetes, doença cardiovasculares, entre outros.

Diminuir o consumo do sal

O excesso do consumo do sal pode provocar a acumulação de pedras nos rins, insuficiência renal, aumenta a chance das doenças cardiovasculares e hipertensão arterial.

Evitar ficar muito tempo sem comer

Saltar refeições ou não cumprir com as refeições diárias recomendadas promove o aumento do peso pois, o organismo tende a absorver maior quantidade de nutrientes da refeição que tiver.

Evitar o consumo de álcool, refrigerantes e doces

As bebidas alcoólicas e refrigerantes, são pobres em nutrientes, o seu consumo pode provocar aumento da pressão arterial, diabetes, obesidade, entre outros.

PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sites MozEstuda

Please select a template!

© 2024 – MozEstuda. Todos os direitos reservados