8 Razões pelas quais os pais são os culpados dos filhos crescerem mal comportados

Este artigo descreve oito as razões apontadas pela Psicologia como os motivos pelos quais os pais são os culpados dos filhos virarem delinquentes

Compartilhar

 Este artigo descreve oito (8) razões apontadas pela Psicologia como os motivos pelos quais os pais são os culpados dos filhos virarem delinquentes. E descreve três (3) conselhos importantes para os pais. 

 As ações e reações de um pai em relação aos comportamentos infantis dos filhos são fatores importantes no futuro (vida adulta) dos filhos.

8 Razões pelas quais os pais são os culpados dos filhos crescerem mal comportados:

1ª Razão: Pai
que dá ao filho tudo que ele pede:

A criança crescerá pensando que
tem direito a tudo que desejar. 

Amar o seu filho não significa dá-lo tudo que
lhe pedir, mas sim educa-lo com amor e ensiná-lo que nem sempre a gente tem
tudo que deseja. Dê-lhe o que for preciso não tudo que ele pede, isso garantirá
que ele cresça sabendo que nem sempre tem direito a tudo que desejar.

2ª Razão: Pai que ri quando o filho fala palavrões:

A criança crescerá pensando que
o desrespeito é normal e engraçado.

É completamente fazer gracinhas
com o desrespeito, os palavrões, as ofensas contra os outros. Um filho deve
crescer sabendo que é totalmente proibido proferir palavrões contra os outros;
e a melhor forma de fazer cumprir esta regra é (você como pai) evitar dizer
qualquer palavrão contra ele e sempre que ele dizer algo feio contra os outros repreendê-lo.

3ª Razão: Pai que não repreende o filho pelo mau comportamento:

A criança crescerá pensando que
não existem regras na sociedade.

Um mau comportamento (é
equivalente a proferir palavrões) é algo feio numa sociedade: os filhos devem ser
reprendidos sempre que mal se comportarem. Os filhos devem aprender as regras
da sociedades desde a infância pois isso os permitirá crescer como indivíduos íntegros,
respeitosos, responsáveis e com bom comportamento.

4ª Razão: Pai que limpa a bagunça do filho:

A criança crescerá pensando que
os outros podem assumir suas responsabilidades.

Todos somos e devemos ser responsáveis
pelas nossas próprias ações. O pai / a mãe não deve limpar a bagunça do filho
nem deve acobertá-lo quando tiver cometido alguma besteira. Deve deixar o filho
ser responsável pelas próprias ações (limpar a própria bagunça), assim crescerá
sabendo assumir suas responsabilidades.

5ª Razão: País que deixam de assistir TV porque o filho grita quando tira do desenho:   

Crescerá pensando que não há
diferenças entre adulto e criança e que para conseguir o que quer, basta
chorar/ gritar.

PUBLICIDADE
Pai e filho assistindo TV – Fonte: depositphotos

Um filho deve crescer sabendo respeitar
os adultos, diferenciar entre adultos e crianças. Saber pedir, conversar com os
seus pais e não bastando um choro para ter tudo que quer.

6ª Razão: País que deixam que os filhos ouçam músicas que vulgarizam a mulher, estimulem o
sexo sem compromisso e a violência com os outros

PUBLICIDADE
incentivar sempre a união

As consequências serão desastrosas
pois são valores negativos e repudiados pela sociedade, ensine os seus filhos a
ficarem longe dessas abominações. Nunca aceite que os seus filhos pratiquem ou incitem
a violência contra os outros, nem mesmo que descriminem os outros pelo género, raça
religião, cultura, etc.

 7ª Razão: Pais que dão aos filhos
dinheiro a hora que querem:
Crescerão pensando que dinheiro é fácil e não
hesitarão em pegar quando não conseguirem.

PUBLICIDADE
1000 ,00 (MZN) Metical moçambicano 

Dar dinheiro toda hora que o
seu filho desejar faz com que ele acredite que o dinheiro é fácil e, quando
chegar a hora de não poder tê-lo fácil, o filho substituirá a oferta dos pais
em furtos tentando conseguir dinheiro fácil. Ensine os seus filhos a necessidade
de trabalhar-se arduamente para ter o dinheiro.  

8ª Razão: País que se colocam sempre a favor do filho, independente de estar certo ou errado:

Crescerá acreditando que os
outros o perseguem quando for contrariado.

Um pai não deve proteger/
acobertar o filho quando estiver errado; deve ensinar o filho a reconhecer
quando estiver errado, aceitar e receber de bom grado uma crética ou uma correção.
Assim crescerá sabendo que é totalmente normal ser contrariado sempre que
estiver errado, e saberá buscar aceitar a verdade mesmo que seja dura.

 

Três (3) Conselhos importantes para os pais:

1º Conselho: “Educai as crianças e não será preciso punir os adultos” (Pitágoras,
500 anos a.C.)

As crianças devem aprender os valores de conduta, respeito, justiça, justiça e igualdade. Esses valores são a base não apenas para sua capacidade de viver em sociedade, mas também para sua capacidade de se comportar bem consigo mesmo e com os outros no futuro.

Como seres humanos, somos todos iguais, mesmo que alguns valores difiram dependendo da família a que pertencemos e da sociedade em que vivemos. Portanto, o respeito às diferenças, o respeito à diversidade e o respeito às diferentes culturas e raças também devem fazer parte da educação de nossos filhos e devemos ensinar aos nossos filhos desde cedo. Ensinar esses e outros valores às crianças desde cedo garante que elas se tornem indivíduos saudáveis ​​e bem-comportados, que evitam a necessidade de serem punidos quando se comportam mal como adultos.

2º Conselho: Provérbios 22,6: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for
velho, não se desviará dele. ”

Este versículo nos fala da importância de ensinar a criança o caminho que ela deve seguir; aponta-nos a importância de assimilar certas virtudes ainda na infância, que são a boa reputação, a prudência, a humildade e a obediência a Deus. Portanto, ao ensinar esses valores, temos um bom comportamento ao longo de nossas vidas. A orientação sobre esses pontos capacita o indivíduo, mesmo em tenra idade, a ficar longe de coisas ruins e permanecer no caminho certo.

3 º Conselho: Eclesiástico 30,1: “Aquele que ama seu filho, castiga-o com frequência, para que se alegre
com isso mais tarde, e não tenha de bater à porta dos vizinhos.”

Este versículo da Bíblia mostra-nos
a importância de ensinar a criança, e garantir com frequência que seja
reprendido por todo o mau comportamento, pois isso o deixará alegre na sua fase
adulta já que não será um delinquente arrombado portas na vizinhança.

Encontre nesta página mais Livros/ e Exames do Sistema Nacional de Ensino, e muitas outras obras importantes para o seu processo de Ensino e/ Aprendizagem

EXAMESLIVROSEXERCÍCIOS
BIOLOGIAFILOSOFIAMATEMÁTICA
PUBLICIDADE

Bons Estudos!

PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sites MozEstuda

Please select a template!

© 2024 – MozEstuda. Todos os direitos reservados