Filo Traqueophyta

As traqueophyta são plantas terrestres devido à existência de um sistema vascular formado por tecidos condutores especializados.

Compartilhar

As traqueophyta (traqueófitas) são plantas vasculares que apareceram há cerca de 430 milhões de os anos.

São consideradas plantas verdadeiramente terrestres devido à existência de um sistema vascular formado por tecidos condutores especializados.

Apresentam vários subfilos, mas apenas dois compreendem organismos que nos são familiares, como por exemplo o polipódio.

Vamos nesta lição   abordar aspetos gerais das traqueófitas, seus subfilos e o ciclo de vida do polipódio;

  • – Caracterizar o filo das traqueófitas;
  • – Identificar os principais subfilos traqueófitas;
  • – Descrever o ciclo de vida do polipódio.

Características Gerais do Filo Traqueophyta

As traqueófitas são caracterizadas por:

  • -Formação de um esporófito independente e dominante no ciclo de vida da planta;
  • -Presença de um sistema vascular de transporte ao longo da planta (de onde resulta a designação de plantas vasculares).
  • -Apresentar órgãos especializados: folhas, caule e raízes.
  • -Presença de cutícula e estomas (de modo a impedir a dissecação, mas permitir as trocas gasosas)
  • -Formação de sementes na maioria dos casos
PUBLICIDADE

Subfilo Espermatófitas

A maioria das plantas deste subfilo apresenta órgãos reprodutores evidentes (fanerógamas) e formam sementes. Fazem parte deste grupo as Gimnospermas e Angiospermas.

PUBLICIDADE

Subfilo Pterodophyta (Pteridófitas)

São plantas vasculares menos evoluídas que não formam sementes e são por isso denominadas plantas sem semente. A reprodução pode ser assexuada (por brotamento) e sexuada (alternância de gerações).

O representante mais conhecido é o polipódio que pertence a classe filicinae (lê-se filicíneas). As filicíneas habitam em lugares onde a temperatura, a luz e a humidade são favoráveis. Apresentam um rizoma (caule horizontal) com raízes que lhes permitem fixarem-se.

As folhas apresentam vasos condutores (xilema e floema), que transportam água, sais minerais e substâncias orgânicas respectivamente.

PUBLICIDADE

Ciclo de vida do Polipódio

Ao atingir a maturidade sexual, desenvolve estruturas chamadas soros, que ficam nos esporângios, dentro dos quais há células que sofrem meiose e originam os esporos. Ao cair sobre um local húmido, um esporo desenvolve-se para uma plantinha haplóide, achatada e em forma de coração, denominada protalo.

O protalo é um gametófito hermafrodita que apresenta estruturas reprodutivas masculinas, os anterídios e femininas, os arquegónios. Nos anterídios formam-se os anterozoides, em cada arquegónio forma-se uma oosfera. Quando maduros, os anterídeos libertam os anterozóides. Na presença da água nadam sobre a superfície do protalo até o arquegónio, onde um deles fecunda a oosfera.

O zigoto desenvolve-se no interior do arquegónio, originando uma plantinha diplóide, o esporófito, que dará origem a uma pteridófita adulta.

Esta formará esporos haploides repetindo o ciclo.

Ciclo reprodutivo de um polipódio
Ciclo reprodutivo de um polipódio
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Resumo sobre Filo Traqueophyta

As traqueófitas são consideradas plantas verdadeiramente terrestres devido a existência de um sistema vascular formado por tecidos condutores especializados.

Nas traqueófitas podem-se considerar vários subfilos, porém, apenas duas consideradas mais importantes que são: Subfilo das pteridófitas e subfilo Espermatófitas.

As Pteridófitas são plantas vasculares menos evoluídas que não formam sementes e são por isso denominadas plantas sem semente.

A reprodução pode ser assexuada (por brotamento) e sexuada (alternância de gerações).

O representante mais conhecido é o polipódio que pertence a classe filicinae.

Exercícios resolvidos sobre Filo Traqueophyta

Pergunta

1. porque as traqueófitas são consideradas plantas verdadeiramente terrestre?

Resposta

As traqueófitas são consideradas plantas verdadeiramente terrestres devido a existência de um sistema vascular formado por tecidos condutores especializados.

Pergunta

2. Diga quais são os órgãos especializadas existentes nas traqueófitas

Resposta

Os órgãos especializados existentes nas traqueófitas sao : folhas, caule e raízes

Pergunta

3. Indique os subfilos mais importantes do filo das traqueófitas.

Resposta

Os subfilos mais importantes das traqueófitas são: Subfilo das pteridófitas e subfilo Espermatófitas

Pergunta

4. Diga o que são plantas pteridófitas?

 Resposta

As pteridófitas são plantas vasculares menos evoluídas que não formam sementes.

PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sites MozEstuda

Please select a template!

© 2024 – MozEstuda. Todos os direitos reservados