Parafilia: Conceito; Classificação; Características e Tipos

A parafilia é qualquer interesse ou comportamento sexual fora do padrão que leva os indivíduos a cometer atos irracionais ou imorais

Compartilhar

CONCEITO, CLASSIFICAÇÃO, CARATERÍSTICAS E TIPOS DE PARAFILIA

A parafilia é qualquer interesse ou comportamento sexual fora do padrão que leva os indivíduos a cometer atos irracionais ou imorais. podemos citar os seguintes exemplos de parafilias: pedofilia, zoofilia, masoquismo, necrofilia, etc.


PUBLICIDADE

I. Etimologia e conceito de parafilia:

A palavra Parafilia provém da aglutinação dos termos gregos παρα, para [fora de] e φιλία, philia, [amor] e refere-se a um padrão de comportamento sexual no qual, na maioria das vezes, a principal fonte de prazer é uma outra atividade diferente da cópula, como incluir objetos, animais ou terceiros.

PUBLICIDADE

O que é parafilia?

Parafilia é um desejo sexual incomum, intenso e persistente que não é feito com um interesse de estimulação genital ou carícias preparatórias em acordo com o parceiro. 

É também considerado parafilia um ato no qual ocorrem desvios não no comportamento, mas no objeto do desejo sexual, o tipo de parceiro. 

A Parafilia é uma fantasia ou conjunto de fantasias sexuais que não se enquadram nas normais, impossíveis de controlar e estão além da vontade do individuo. 

Algumas Parafilias são apenas preferências sexuais que se desviam do padrão. Em alguns casos, o sexo parafínico pode ser considerado uma perversão ou anormalidade.

Como se consideram as pessoas que sofrem de parafilia?

As pessoas parafílicas geralmente consideram-se indivíduos que estão numa condição emocional, ou psíquica normal, e que não precisam de algum tratamento psicológico.

Embora para o resto da sociedade isso parece extremamente extravagante e difícil de entender.  De referir que algumas parafilias são de algum modo passíveis de punição por lei, ou seja, não são considerados crimes punidos pela lei.

 

PUBLICIDADE

II. Características das Parafilias

Quais são as principais características das pessoas que sofrem?

As parafilias têm características obsessivo-compulsivas e, na maioria dos casos, causam ao indivíduo uma angústia tão grande que ele mesmo tem que admitir seu caráter absurdo. As pessoas com transtorno parafílico patológico costumam fazer várias tentativas para suprimir a atividade pervertida, mas com o tempo pode se tornar mais difícil controlar seu comportamento, especialmente durante períodos de alta ansiedade ou outras emoções negativas.

Importante ressaltar que existem também parafilias cujo comportamento é completamente ego-harmônico, ou seja, estão em harmonia como seu ego (consigo mesmos).

 

PUBLICIDADE

III. Causas das Parafilias

O que causa as parafilias?

De referir que se sabe menos sobre as causas do desenvolvimento das parafilias, e de acordo com a Clínica Mayo, a ou causa exata de parafilia é atualmente desconhecido; mas de um modo geral, apontam-se fatores genéticos, biológicos e psicossociais como causas de comportamento sexual compulsivo. Há ainda uma gama de teorias populares sobre a origem da parafilia: condicionado, regressão, predisposição, etc.

► Regressão:

Nesta teoria, a causa da parafilia é tida como uma reversão para uma prática que começou há anos; ou seja, a parafilia como um comportamento sexual compulsivo que confere excitação e gratificação é algo do passado distante do individuo.

►Predisposição:

Nesta teoria, a causa da parafilia é tida como uma predisposição para tal, ou seja, algumas pessoas estão destinadas a desenvolver perversões sexuais. Esta predisposição podeser justificada pela incapacidade de ter relações pessoais normais ou pela composição química do cérebro que determina o prazer sexual anormal.

► Condicionado:

Esta teoria tem a ver com o condicionamento: uma pessoa que repetitivamente teve envolvimento sexual com um objeto ou um ato que lhes traz excitação sexual e gratificação, esta pessoa tende a desenvolver comportamento em que a satisfação sexual é através desse objeto ou ato específico.

 

IV. Classificações e Tipos de parafilias

De acordo com teorias psicológicas, as parafilias podem ser classificadas em ofensivas ou inofensivas; em levesmoderadas ou graves e em parafilias de preferências por atividades incomuns ou de preferências por atividades incomuns.

4.1. Parafilias  ser ofensivas e inofensivas:

A) Parafilias ofensivas – aquelas orientadas para objetos potencialmente perigosos e prejudiciais ao próprio sujeito ou a terceiros. 

B)  Parafilias inofensivas – aquelas orientadas para objetos que não são potencialmente perigosos nem prejudiciais ao próprio sujeito ou a terceiros.

C) Quando as parafilias impedem a função sexual normal, são chamadas de distorções de preferência sexual.

 

4.2. Parafilias leves, moderadas e graves:

A) Parafilias leves – são aquelas que raramente são expressas ou manifestadas. 

B) Parafilias moderadas – são aquelas em que os comportamentos estão explícitos, mas ainda de forma controlada. 

C) Parafilias graves – são aquelas que dominam completamente a vida das pessoas.

 

4.3. Quais são os principais tipos de perturbações Parafílicas?

Saiba mais sobre Zooerastia ou Zoofilia: etimologia, conceito e características

Os distúrbios parafílicos se enquadram em dois grandes tipos (categorias): parafilias baseadas na preferência por atividades incomuns e parafilias baseadas na preferência por objetos incomuns.
 A categoria preferência por atividades incomuns é subdividida em distúrbios do namoro, incluindo voyeurismo, exibicionismo e distúrbios da líbido correspondendo aos
comportamentos sadomasoquistas
; enquanto categoria preferência por objetos incomuns é subdividida inclui transtornos direcionados a humanos (pedófilos) e outros objetos (fetiches e travestis).
 
 
Quer referenciar este artigo no seu trabalho?
Editora mozestuda.com (Março, 2023). “Parafilia: Conceito, Classificação, Caraterísticas e Tipos“; disponível em Parafilia: Conceito, Classificação e Tipos de parafilias. (mozestuda.com). Zavala, Moçambique.
 
Menu de Parafilias (ligações):

👉Abasiofilia;  👉Acrotomofilia;

👉Agalmatofilia;  👉Algolagnia;

👉Andromimetofilia ou Ginemimetofilia;

👉Apotemnofilia;  👉Asfixiofilia;

👉Autassassinofilia;

👉Autoandrofilia/ Autoginefilia;

👉Biastofilia;  👉Catoptronofilia;

👉Crematistofilia;  👉Cronofilia;

👉Cleptofilia;  

👉Coprofagia/ Coprofilia

👉Crurofilia;  👉Dacrifilia;

👉Dendrofilia; 👉Dipoldismo; 

👉Emetofilia;  👉Erotofonofilia; 

👉Escopofilia; 👉Estenolagnia

👉Exibicionismo; 👉Fetichismo; 

👉Fictofilia;  👉Formicofilia;  

👉Frotteurismo;  👉Gerontofilia;  

👉Hematofilia; 👉Homeovestismo; 

👉Hibristofilia;  👉Infantilismo; 

👉Lactofilia;  👉Macrofilia;  

👉Masoquismo; 👉Narratofilia;  

👉Nasofilia;  👉Necrofilia; 

👉Objectofilia;  👉Odaxelagnia;  

👉Olfactofilia;  👉Omorashi  

👉Pedofilia; 👉Peluchefilia;  

👉Pictofilia;  👉Podolatria  

👉Sadismo; 👉Salirofilia;  

👉Sinforofilia;  👉Sonofilia;  

👉Tamakeri;  👉Escatologia;   

👉telefônica; 👉Toonofilia;  

👉Travestismo; 👉fetichista;  

👉Troilismo;  👉Urofilia;  

👉Vorarefilia;  👉Voyeurismo;  

👉Zooerastia ou Zoofilia;  

👉Zoossadismo.

Gostou do artigo? Compartilhe!
Encontre nesta página mais Livros/ e Exames do Sistema Nacional de Ensino, e muitas outras obras importantes para o seu processo de Ensino e/ Aprendizagem
PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sites MozEstuda

Please select a template!

© 2024 – MozEstuda. Todos os direitos reservados