A priori e a posteriori

A priori e a posteriori são expressões filosóficas usadas para distinguir dois tipos de conhecimento ou argumento elaboradas por Imannuel Kant.

Compartilhar

PUBLICIDADE

O Conceito de A Priori e A Posteriori

A priori e a posteriori são expressões filosóficas usadas para distinguir dois tipos de conhecimento ou argumentos.

Esses termos, originários do latim, são empregados como adjetivos em grau comparativo para modificar o substantivo “conhecimento” ou como compostos substantivos referentes a um tipo de conhecimento, como o conhecimento a priori.

Neste artigo exploraremos o significado e o uso desses termos, bem como seu significado nas obras do renomado filósofo alemão Immanuel Kant.

PUBLICIDADE

A priori: conhecimento derivado apenas da razão

O termo “a priori” (do latim, que significa “de antes” ou “de anterior”) refere-se ao conhecimento ou argumentos derivados apenas da razão, independentemente de qualquer experiência.

O conhecimento a priori é considerado necessário, pois pode ser conhecido como verdadeiro sem qualquer necessidade de evidência empírica.

Este tipo de conhecimento é frequentemente contrastado com o conhecimento a posteriori, que se baseia na experiência e na observação.

Em suas obras, Immanuel Kant usou o conceito de conhecimento a priori para enfatizar o papel da razão na formação da nossa compreensão do mundo.

Ele argumentou que certos aspectos do nosso conhecimento, como os princípios da matemática e as categorias da compreensão, poderiam ser conhecidos a priori.

Esta distinção entre conhecimento a priori e a posteriori foi crucial para o projeto filosófico geral de Kant, pois permitiu-lhe reconciliar o aparente conflito entre racionalismo e empirismo.

PUBLICIDADE

A Posteriori: Conhecimento Derivado da Experiência

Por outro lado, “a posteriori” (do latim, que significa “de depois” ou “de posterior”) refere-se ao conhecimento ou argumentos baseados na experiência e na observação.

O conhecimento a posteriori é considerado contingente, pois só pode ser conhecido como verdadeiro após a coleta de evidências empíricas.

Este tipo de conhecimento é muitas vezes contrastado com o conhecimento a priori, considerado necessário e independente da experiência.

Na filosofia de Kant, o conhecimento a posteriori desempenha um papel significativo na compreensão dos limites da cognição humana.

Ele argumentou que embora alguns aspectos do nosso conhecimento pudessem ser conhecidos a priori, muitos outros aspectos, como generalizações empíricas e leis científicas, só poderiam ser conhecidos a posteriori.

Esta distinção entre conhecimento a priori e a posteriori permitiu a Kant estabelecer uma estrutura para compreender a relação entre o mundo tal como é em si e o mundo tal como nos aparece.

PUBLICIDADE

Conclusão: A Importância de A Priori e A Posteriori na Filosofia

Concluindo, os termos “a priori” e “a posteriori” são ferramentas essenciais no conjunto de ferramentas filosóficas para distinguir entre diferentes tipos de conhecimento e argumentos.

O uso desses termos por Immanuel Kant em suas obras destaca a importância de compreender a natureza do nosso conhecimento e o papel da razão e da experiência na formação da nossa compreensão do mundo.

Ao examinar esses conceitos, podemos obter uma compreensão mais profunda dos fundamentos da cognição humana e das limitações do nosso conhecimento.

PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sites MozEstuda

Please select a template!

© 2024 – MozEstuda. Todos os direitos reservados